No repertório da vida, muitas vezes não sabemos ao certo quem escreveu isso, disse aquilo, pensou aquele outro.
Muitas coisas são escritas nesse roteiro velado e desvelado pelo Sr. Tempo sem que saibamos o autor.
Eu acredito no Meu Mestre regendo tudo, mas sei também, que parte do que contraceno, vem de saberes escondidos que carrego há muito.
Alguns deles tenho ciência, de outros, total ignorância.
E vou assim, seguindo e descobrindo fazeres, pessoas, lugares, estados de espírito e de estar.
Mas eis que chegam as horas definitivas, aquelas que mudam toda a versão da história, que convergem para outro lado.
Quando encontramos alguém especial por exemplo.
Pois não é que isso aconteceu em minha vida quase ao término de uma estação, quando ia descer e pegar outro trem sei lá para onde?
Esses encontros são mágicos e imperdíveis. Devemos nos render, ajoelhar e agradecer pelo presente, pela graça.
Estou fazendo isso.